Sobre

O Seminário de Acessibilidade Cultural foi realizado em Florianópolis (SC), nos dias 19, 20 e 21 de março de 2018, no Auditório Senac Florianópolis. Contou com a participação de artistas, agentes culturais, produtores, gestores, profissionais da área de acessibilidade, acadêmicos (professores e estudantes), pessoas com deficiência e diversos convidados. Foram 275 pessoas participando (113 pessoas presencialmente, 125 pessoas online e 37 pessoas em núcleos descentralizados) de diversos lugares de Santa Catarina e do Brasil. A transmissão online foi realizada com acessibilidade (Libras e Audiodescrição) por meio de link no Youtube. 

Como fizemos

Realizamos a união de diversas pessoas, iniciativas, instituições e movimentos em prol da causa para elaboração de uma programação ampla, assertiva e qualificada. Propomos parcerias com iniciativas de diversos universos par potencializar o alcance das ações. Reunimos pessoas com deficiência, sociedade civil, produtores culturais, gestores público e privados e empresas em um ambiente propício à alteridade, à construção coletiva e a discussão de ideias. 

O que fizemos?

+ identificação da necessidade do evento no Estado;
+ concepção inicial
+ identificação e termo de parceria com instituição proponente
+ realização de parcerias com todas iniciativas e instituições envolvidas
+ planejamento e coordenação geral do evento
+ coordenação de comunicação
+ análises quantitativas e qualitativas

Acessibilidade com interpretação em Libras, Audiodescrição, atendimento especializado às pessoas com mobilidade reduzida e recursos de Legenda para Surdos e Ensurdecidos (LSE).

Transmissão ao vivo com Libras e Audiodescrição de todo o evento pelo Youtube

Participantes de diversos locais do Brasil

275 participantes presencialmente e online nas atividades do evento

(clique para ampliar)

Pontos que unimos 

Comunicação acessivel

Toda a comunicação foi desenvolvida de forma acessível: postagens em redes sociais, áudio-convites, site oficial do Seminário e outros materiais. Realizamos a elaboração e coordenação dos fluxos de trabalho para garantir uma comunicação 100% acessível e a participação da pessoa com deficiência em todas as etapas de produção do projeto . 

Resultado

+

Rede Catarinense de Acessibilidade Cultural

Os participantes do evento entenderam coletivamente que a criação de uma Rede Catarinense de Acessibilidade Cultural seria a principal estratégia para conectar as pessoas e dinamizar a produção de eventos acessíveis e a formação na área. Assim a criação da Rede ficou definida como estratégia principal para o fortalecimento da cultura acessível em Santa Catarina.

+

Documento com 17 ações norteadoras para a acessibilidade cultural de Santa Catarina

Foi elaborada pelo coletivo documento com os 17 tópicos mais relevantes para a acessibilidade cultural em Santa Catarina. Este documento é a principal fonte de pesquisa para nortear ações de produtores culturais e poder público (prefeituras, Estado e outros órgãos). Acesse clicando aqui.

Galeria

Proxima edição

A próxima edição do evento está prevista para esse ano. O projeto está cadastrado em leis de incentivo e editais. Quer ser parceiro desta iniciativa? Entre em contato.