• Dois Pontos: Una!

#OPontoÉ | Tridimensionalidade da Cultura



Entender o conceito de Tridimensionalidade da Cultura é muito importante para o desenvolvimento de projetos culturais. Sabe por quê?


Entender o conceito de Tridimensionalidade da Cultura é muito importante para o desenvolvimento de projetos culturais. Sabe por quê? Este conceito é que embasa o Sistema Nacional de Cultura (SNC), sistema esse que estrutura a gestão pública da cultura em todo o país. É uma forma de ver a cultura em diferentes dimensões (aspectos) que a compõe. As três dimensões da cultura, são: (1) dimensão simbólica, (2) dimensão cidadã e (3) dimensão econômica. 

Agora, vamos entender um pouco sobre cada uma delas.



Dimensão Simbólica

A dimensão simbólica fala, em sua essência, sobre a capacidade do ser humano de simbolizar. Isso mesmo. Nossa realidade é composta por valores compartilhados, por sentidos que nós, humanos, colocamos em objetos, eventos, situações e assim por diante. Um exemplo disso é a nossa língua. Você só consegue ler esse texto porque falamos a mesma língua e entendemos o que cada palavra significa. Outro exemplo que podemos utilizar são os símbolos nacionais. Podemos pegar a bandeira do Brasil: não trata-se apenas de um pano com algumas tintas em cima. Pois o seu conjunto de informações visuais simbolizam outras coisas (nossas riquezas, características do nosso país, etc.) e se torna um símbolo de respeito. Queimar uma bandeira, por exemplo, é um crime contra a pátria. O que não seria caso se tratasse apenas de um pano com tinta. Dizemos isso para sintetizar que uma agressão pode ser feita apenas no imaginário, em nosso sistema de valores. Os conceitos que estruturam as relações humanas são valores simbólicos. Não podemos toca-los fisicamente, mas sabemos que eles existem. Calma que tem mais. Dentro desta dimensão estão inclusas as artes, a poesia, a metáfora... Nossa capacidade de dizer coisas de diferentes formas. De questionar coisas a partir da arte. Aqui, também, está a forma que nos comportamos em grupo, o que é ou não é socialmente aceito e assim por diante. Isso é o que nos faz, dentro de toda diversidade, sabermos que somos todxs brasileirxs. Nosso sentimento de pertencimento vem daí. A cultura nos significa enquanto humanos. Sendo bem direto: não existe vida humana sem cultura. A partir disso, podemos entender que participar ativamente na construção e na reformulação destes "símbolos" é direito de todxs xs cidadãos brasileiros. E é aqui que começamos a falar da: 




Dimensão Cidadã

Cultura é um direito. Não apenas ter acesso aos materiais artísticos e culturais produzidos no Brasil. Mas é direito dos cidadãos participar ativamente da construção da cultura nacional. Assim, podemos entender que é direito de todos criarem, opinarem, terem acesso ao conhecimento e nele poderem participar ativamente. Esse conhecimento pode ser acadêmico ou popular. Pode ser adquirido e forma empírica ou no estudo. É direito dos cidadão participarem da vida cultural de seus territórios, estados e do país como um todo. Até aqui já entendemos a cultura como fundamental à vida humana e como direito de todxs xs cidadãos. Podemos falar então da:



Dimensão Econômica

Entendendo que a criatividade, a cultura e a arte são formas de sobrevivência. Geram emprego e renda. O setor movimenta no Brasil cerca de 2,6% do Produto Interno Bruto (dados Firjan). A cultura é uma forma de sobrevivência e centenas de milhares de pessoas vivem dela no Brasil. Estima-se que esse número chegue perto de um milhã. Então, como setor econômico, a cultura envolve formações especializadas, formas de produção e de consumo, alavanca serviços, cidades e movimentos e, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV), ativa outros 68 setores da economia.

O entendimento destas três dimensões é essencial para abordar temas como o incentivo público para a área, que são criado a partir da necessidade do Estado em atender direitos por meio do fomento ao ecossistema criativo. 


O PONTO É é um conjunto de postagens da Dois Pontos: Una! com o objetivo de explicar de forma descomplicada termos comumente utilizados no setor criativo, nas políticas públicas e em projetos de impacto social. Acompanhe.